All for Joomla All for Webmasters

Os 3 erros mais comuns em Adwords

Quem nunca viu sua campanha estourando em cliques mas nada de vendas?

Já aconteceu com você de ver suas campanhas bombarem, mas nada de vendas? Acontece que muitos profissionais iniciantes ou não no Adwords cometem esses três erros mais comuns, isso porque fazem sentido à nossa razão, mas na lógica do robozinho não.

Com este artigo queremos que você entenda a lógica do Adwords e faça suas campanhas renderem mais e de forma mais assertiva. Então vamos para o que interessa?

Não separar de forma clara os grupos de anúncios.

A princípio é bem confuso entender o que é campanha e grupo de anúncio não é? Todos nós já travamos na hora de decidir, crio uma nova campanha ou um novo grupo de anúncios?

Bom o caso é o seguinte, a campanha é basicamente o local e a grana que você quer investir, já o grupo de anúncios é o quê você vai divulgar. Uma ilustração rápida é como se fosse uma festa, a campanha é a festa, você precisa definir qual o tema, o local e o orçamento para fazê-la. Já o grupo de anúncios é o cardápio, você vai ter uma mesa de doces, uma de salgados, uma com o bolo, e para cada uma delas você vai escolher como você quer a decoração, que seriam os anúncios.

Então se a sua campanha estiver uma salada, mais difícil será achar o anúncio correspondente à palavra que o usuário buscou.

Tá, mas o que isso significa? O Adwords funciona como se estivesse escaneando a campanha, quando o usuário buscar a sua palavra-chave, a ferramenta vai ler a busca e procurar nas suas campanhas qual anúncio possui aquela palavra-chave. Se você tiver zilhões de grupos de anúncios, mais difícil será achar o anúncio correspondente.

Claro que para o Adwords, isso acontece em fração de segundos mas o que vai impactar para a sua campanha é o índice de qualidade. Para cada palavra-chave que você possui, o Google vai dar uma nota de qualidade, se essa nota for baixa, maior será o custo dessa palavra, e o contrário acontece se a qualidade for alta. Para saber mais sobre o Índice de Qualidade, veja esse artigo.

Então para concluir, esse erro é muito frequente justamente porque as vezes não entendemos muito bem o que são os grupos de anúncios e a própria ferramenta sugere a criação de novos grupos, o que pode acabar nos confundindo também. Mas é super importante que você tenha bem claro o que cada grupo oferece e quais palavras-chave e anúncios cada grupo deverá ter, assim você facilitará que seus anúncios sejam encontrados, aumentando a relevância da palavra-chave e do anúncio e como consequência, sua qualidade será melhor e seu custo menor.

Duplicar palavras-chave

Esse erro é crucial e bastante comum. Quando temos uma campanha e queremos que ela bombe em cliques, a tendência é acrescentarmos várias palavras-chave para “garantir” que todo mundo que buscar o que estamos oferecendo veja nosso anúncio, certo? Pois é, faz sentido para nós. Mas para o Adwords nem tanto.

O que queremos dizer é, se sua campanha tiver a mesma palavra-chave em grupos diferentes, sinal de alerta, você pode e provavelmente está, gastando mais caro do que o que deveria.

Muito parecido com o erro anterior esse erro as vezes (ou quase sempre) é uma sugestão da ferramenta, se eu tenho dois grupos diferentes com a mesma palavra-chave, significa que estou pagando duas vezes pela mesma palavra, logo o leilão será mais concorrido e muito provavelmente mais caro. Se quiser entender mais sobre o Leilão do Google, leia esse artigo.

Lembra o famoso índice de Qualidade que citamos anteriormente? Então, se o Google Adwords escanear sua campanha e encontrar a mesma palavra-chave em grupos diferente, primeiro ele vai ter que desempatar para saber qual anúncio ativar, segundo, não faz sentido você ir a um leilão e dar lances diferentes para a mesma palavra na mesma rodada, para o Adwords, são concorrentes diferentes “brigando” pela mesma palavra, logo a competição aumenta. Em outras palavras, você estará concorrendo consigo mesmo.

Cliques desqualificados

Já aconteceu de você ter cliques mas o telefone não toca, o e-commerce não vende? Isso acontece com muita frequência, com negócios de vários segmentos, e na maioria das vezes o problema é clique desqualificado.

Um clique desqualificado é quando o anúncio mostrado não corresponde à expectativa do usuário. Em outras palavras, quando mostro meu anúncio para a pessoa que não é meu público alvo.

Num exemplo real: tive um cliente que era músico e ele anunciava seus serviços como cantor de festas, casamentos, cerimônias, enfim, ele oferecia o seu serviço como cantor. Sua campanha possuía palavras como: música para casamento, música para festas, música para festa de 15 anos. Aparentemente tudo certo. Mas quando olhamos o termo de busca, havia vários cliques na busca: baixar música para festa, download de música para casamento, playlist de músicas para festa de 15 anos. Esses cliques representavam 95% do custo da campanha.

Então negativamos os termos: baixar, download, playlist e também trabalhamos com correspondência de palavra-chave. Depois de um mês ele me retornou falando que o número de cliques havia caído mas em compensação, ele estava recebendo muito mais pedidos de orçamento que antes.

A dica aqui é: garanta sempre que seus anúncios estejam aparecendo para o público certo, para saber o que ativou seu anúncio, vá na aba palavra-chave, clique em termo de pesquisa e você verá o que as pessoas pesquisaram para ativar seus anúncios. Daí você poderá adicionar novas palavras ou negativar os termos ruins.

Por Dirlene Dias

Compartilhar:

Deixe uma resposta