Melhore sua estratégia de e-mail marketing
Melhore sua estratégia de e-mail marketing
13 de abril de 2022
O que são links nofollow e dofollow?
O que são links nofollow e dofollow?
19 de abril de 2022

Mobile marketing: Saiba o que é e como funciona

Mobile marketing: Saiba o que é e como funciona

O mobile marketing é a arte de atrair, relacionar e comercializar produtos e serviços de uma marca, ou uma empresa, voltada para os usuários de dispositivos móveis.

O público-alvo está presente nos mais diversos equipamentos eletrônicos, entre os quais destacam-se celulares smartphones e tablets, principalmente, mas também em assistentes virtuais e centrais multimídia presentes em veículos.

Para alcançar uma gama abrangente de leads, os potenciais clientes, são utilizadas táticas e ferramentas digitais como SMS, MMS, e-mail e sites devidamente formatados para o ambiente virtual, além de mídias sociais e aplicativos dedicados e personalizados.

Nos últimos anos, as pessoas passaram a mudar a atenção, e até mesmo o dinheiro, para o celular. Por causa disso, os profissionais de marketing estão fazendo o mesmo para criar um engajamento omnichannel e se manterem acessíveis e próximos do consumidor.

À medida que a tecnologia se torna mais fragmentada, e ao mesmo tempo presente na vida das pessoas, o mobile marketing se mostra mais importante. E para conquistar e manter a atenção dos leads, o conteúdo deve ser estratégico e altamente personalizado.

Quando bem feito, o mobile marketing fornece aos leads ou clientes engajados informações personalizadas sobre empresa de alpinismo industrial, bem como sobre restaurantes e lanchonetes.

Tais dados também podem ser sensíveis ao tempo e à localização, assim os usuários recebem o que precisam e quando necessário, mesmo que estejam em trânsito.

Ou seja, podem pesquisar por algum estabelecimento, como um mecânico, e encontrar aqueles que utilizam o mobile marketing naquela região para realizar a manutenção do veículo.

O futuro do mobile marketing está presente

Até bem pouco tempo atrás profissionais da área de publicidade indicavam que o futuro da propaganda e divulgação de empresas e marcas estava no mobile marketing.

A verdade é que esse tempo já chegou, e as empresas que não contam com algum tipo de estratégia estão ficando para trás dos concorrentes, e não estão atingindo o público-alvo de maneira adequada.

Mobile marketing: Saiba o que é e como funcionaÉ perceptível que o número de usuários de tecnologia estão gastando cada vez mais tempo com dispositivos móveis. E essa tendência está crescendo ainda mais a cada dia que passa devido a importância e facilidade de acesso que essas ferramentas apresentam.

Essa tática pode fazer a diferença quando se trata de impulsionar o valor da marca e a demanda por produtos e serviços de uma empresa. Isso porque se aproveita de dispositivos móveis para se conectar com mais consumidores em tempo real, em qualquer ponto do ciclo de vida do cliente.

A presença do celular smartphone, entre outros dispositivos móveis, está crescendo de forma constante, sem um limite ou patamar que possa ser identificado.

Assim, caso uma pessoa tenha a necessidade de alugar sala comercial para iniciar um projeto profissional, o celular está entre os primeiros equipamentos em que a pesquisa pode ser realizada, em um curto espaço de tempo.

Em pesquisa recente publicada pela ONU (Organização das Nações Unidas), existem mais dispositivos móveis no mundo do que pessoas. São 8,7 bilhões de equipamentos eletrônicos, enquanto há 7,1 bilhões de pessoas na face da Terra.

Essa diferença é causada pelo apetite voraz por novas tecnologias, e há uma nova geração que está crescendo em volta desses equipamentos digitais.

Para aproveitar o poder crescente do mobile marketing, toda empresa deve se concentrar em criar uma experiência apropriada para o que o público-alvo espera.

Componentes do mobile marketing

O mobile marketing vai muito além de mensagens de texto e aplicativos móveis.

Para ter uma experiência de marketing coesa, a equipe responsável por esse setor deve considerar o design responsivo sob todos os aspectos. Acompanhe a seguir estratégias e características importantes para o marketing mobile.

Sites compatíveis com dispositivos móveis

O conteúdo compatível com dispositivos móveis cabe na tela sem rolagem lateral ou zoom, é carregado rapidamente e não contém erros específicos para o modelo de equipamento que o consumidor tem às mãos.

A razão mais importante para manter um site compatível com os dispositivos móveis é criar uma experiência de usuário (UX) consistente e envolvente.

O mobile marketing UX tem um efeito dramático em todas as etapas do ciclo de compra, a partir do momento que um lead está inserido em um funil de vendas.

Mensagens compatíveis com dispositivos móveis

As mensagens SMS (Short Message Service) e MMS (Multimedia Message Service) são dois métodos diretos que uma empresa pode utilizar para enviar conteúdo aos clientes.

No entanto, é importante utilizar esses canais com sabedoria. É preciso ter o conhecimento de técnicas apropriadas para levar a mensagem de forma rápida ao cliente, e para isso é preciso rever as regras fundamentais de uma campanha eficaz, no que engloba:

  • Alertas de produtos;
  • Lembretes;
  • Promoções;
  • Vídeos.

Dessa maneira, é possível destacar, por exemplo, a necessidade de troca de um filtro jacuzzi para clientes cadastrados que possuem piscina, banheira, entre outros equipamentos que precisam desse tipo de manutenção.

A apresentação de vídeos instrutivos, como manuais de instrução, ou divulgação de bens de consumo e serviços também podem ser bastante eficientes para estreitar o relacionamento entre empresa e cliente.

Publicidade e página de destino compatíveis

Aproximadamente 57% dos e-mails são abertos em plataformas móveis, e 69% dos usuários excluem e-mails que não são otimizados para os dispositivos eletrônicos em formato de mobile marketing.

Sendo assim, se torna obrigatório que os e-mails de uma empresa de ar condicionado – bem como de qualquer outro segmento – empreguem um design responsivo.

Ou seja, é necessário que o conteúdo tenha uma estratégia que formata automaticamente o conteúdo da página da web para a visualização ideal em qualquer dispositivo. E não se pode esquecer das páginas de destino.

Se o e-mail for compatível com dispositivos móveis, mas o clique for para uma página de destino não otimizada para celulares e tablets, esse visitante provavelmente ficará frustrado e vai abandonar a jornada de compra.

Mobile marketing: Saiba o que é e como funciona

Aplicativos otimizados para sistemas operacionais

Com a estratégia e o roteiro certos, os aplicativos móveis podem oferecer uma oportunidade de gerar um envolvimento profundo com os clientes de uma empresa que produz envelope personalizados, por exemplo.

É possível explorar os diferentes tipos de aplicativos, desde que sejam adequados para os sistemas operacionais adequados, com foco em:

  • Comércio;
  • Engajamento retido;
  • Produtividade;
  • Uso misto.

Assim, é possível estabelecer se um aplicativo móvel é ou não a medida certa para apoiar as metas de negócios de aquisição, engajamento ou conversão de leads.

Destaque-se da concorrência

Uma média de 20% dos aplicativos móveis são usados apenas uma vez, com a maioria dos consumidores tendo de 50 a 100 aplicativos instalados nos celulares.

Mas, como garantir que uma empresa, como a que fornece spray drying para o mercado consumidor, se destaque perante tanta concorrência?

Os desenvolvedores de aplicativos móveis enfrentam muitos desafios quando se trata de mobile marketing exclusivos, incluindo a necessidade de impulsionar downloads, instalações e melhorias de usabilidade em andamento.

As empresas com aplicativos móveis que usam a automação de mobile marketing podem impulsionar melhor os downloads de aplicativos, a retenção de usuários, o engajamento e a monetização.

Assim, o desenvolvimento de uma ferramenta dedicada e a aplicação correta das campanhas se mostra essencial para posicionar a marca. Além disso, é preciso ter atenção ao funcionamento e potenciais melhorias que podem ser aplicadas, bem como aos feedbacks dos consumidores.

Tipos de estratégias de mobile marketing

Há estratégias de mobile marketing baseados em localização, em aplicativos de redes sociais e voltados para sites otimizados para os dispositivos móveis.

Ainda assim, vale destacar dois tipos de estratégias que chamam a atenção pela concentração dos usuários e pelo uso da tecnologia, e como os limites podem ser ultrapassados a cada dia que passa.

A primeira é mobile marketing para jogos, e se refere a anúncios para celular que aparecem nos games desenvolvidos para esse tipo de aparelho eletrônico.

Os anúncios nos jogos podem aparecer como pop-ups de banner, anúncios gráficos de página inteira, ou até mesmo anúncios em vídeos, que podem aparecer entre as telas de carregamento ou em troca de benefícios nos jogos – como assistir a publicidade para ganhar mais energia.

A segunda estratégia trata do uso de QR codes, quando esses são digitalizados pelos usuários, e são levados para uma página específica da web ao qual a imagem está anexada, convergindo ações físicas às online.

Os QR codes geralmente são alinhados com a gamificação móvel e têm um elemento de mistério para os usuários, já que eles os utilizam sem saber exatamente o que irão encontrar a partir de então.

Desse modo, uma instituição de ensino pode promover um curso de bombeiro civil utilizando a propaganda tradicional, como anúncios em jornais e revistas, com um QR code que leva a um site desenvolvido exatamente com essa finalidade. Da mesma forma outros segmentos de atuação podem se beneficiar dessa estratégia.

Essa expansão pode ser explorada de diversas maneiras, e nesse ponto, a criatividade é o limite.

Conclusão

Por fim, vale ressaltar a importância quanto à clareza e concisão, levando em consideração que os dispositivos móveis possuem telas pequenas, o que significa que as palavras devem ser usadas com moderação.

Anúncios desordenados e lotados apenas levarão os usuários a rolar a tela e, em se tratando de mobile marketing, o melhor é manter as coisas o mais simples possível.

Tão importante quanto a minimização a ser explorada de forma consciente, é preciso considerar o tipo de público que se espera alcançar e a influência necessária/desejada.

Para isso, é preciso experimentar estratégias diferentes, sem qualquer medo de correr riscos, pois há um espaço abrangente quando se trata de mobile marketing.

Neste caso, os ajustes devem ser direcionados ao orçamento e metrificados por meio de testes A/B, trazendo mais qualidade e resultados às ações.

Sendo assim, experimentar é ótimo, mas não adianta tentar novas técnicas se a empresa não acompanhar os resultados para ver o que funciona e o que precisa de ajustes.

Pode ser a divulgação de uma nova proteção radiológica voltada para o mercado da saúde ou mesmo para a divulgação de uma nova coleção de roupa para uma marca de slow fashion, é preciso entender quem está alinhado com esse tipo de mobile marketing e como esse público se comporta na rede para direcionar o máximo possível as propagandas de forma prática e direta.

Com essas dicas, é possível aproveitar de maneira apropriada o mobile marketing, e garantir o crescimento nas vendas e participação maior no mercado consumidor.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe isso
Gizella Almeida
Gizella Almeida
Estudante de Publicidade e Propaganda na Universidade UNINOVE, em São Paulo, já trabalhou como auxiliar de marketing em uma agência de empregos e foi assistente de atendimento telefônico. Atualmente trabalha como assessora digital e redatora para sites e blogs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 − 1 =