Guia_A influencia das imagens nas redes sociais estrategias de comunicacao visual_imgcapa
A influência das imagens nas redes sociais: estratégias de comunicação visual
11 de junho de 2024
O neuromarketing para impulsionar vendas e fortalecer marcas
O neuromarketing para impulsionar vendas e fortalecer marcas
18 de junho de 2024

Introdução às métricas de Inbound Marketing

Introdução às métricas de Inbound Marketing

Como profissionais de marketing, nós trabalhamos incansavelmente para melhorar algo que geralmente parece uma impossível longa lista de métricas.

Nós olhamos as visitas no site, taxas de conversão, leads gerados por canal, engajamento nas mídias sociais, compartilhamento de posts no blog, taxa de cliques nos e-mails, e a lista continua.

Essas métricas são extremamente importantes para seu sucesso e devem ser monitoradas com frequência. No entanto, quando chega a hora de apresentar o impacto dos seus esforços de marketing para o seu chefe, você não pode mostrar-lhe tudo o que você mede. Você iria sobrecarregá-lo com informações.

Enquanto muitos executivos teoricamente entendem que um time sólido de marketing pode impactar diretamente a linha de fundo da sua empresa, 73% dos executivos não acreditam que os profissionais de marketing estão suficientemente focados nos resultados para realmente aumentar a demanda de cliente.

Se a maioria dos executivos pensa que falta credibilidade para os programas de marketing, simplesmente não faz sentido bombardeá-los com métricas que não mostram um impacto mínimo. Então, esse capítulo será dividido em três diferentes partes: básica, intermediária e métricas avançadas.

Tipos de métrica

A seguir, você verá todos os tipos de métrica básica e intermediária de Inbound Marketing.

Métricas básicas

  • Tráfego: Visitas novas, recorrentes, fontes de entrada,
  • Leads: Leads, leads qualificados;
  • Vendas: Faturamento total, ticket médio, etc.

Métricas intermediárias

  • Taxa de conversão “Visita-para-lead” (%);
  • Taxa de conversão “Lead-para-cliente” (%);
  • Custo por lead (R$);
  • Custo por clique (links patrocinados);
  • Custo por impressão (links patrocinados);
  • Taxa de cliques Call-to-Action (CTA);
  • Taxa de cliques de e-mail marketing;
  • Taxa de conversão de Landing Page.

Métricas de Landing Page

  • Taxa de cliques nos botões Call-to-action (CTA): Porcentagem de visitantes da Landing Page que responderam a um botão Call-to-Action;
  • Taxa de conversão Visitante-Lead: Porcentagem de visitantes do site que se tornaram leads;
  • Taxa de conversão Lead-Cliente: Porcentagem de leads que se tornaram clientes;
  • Taxa de conversão Visitante-Cliente: Porcentagem de visitantes que se tornaram clientes;
  • Custo por lead gerado: O custo de marketing para conseguir um novo lead.

Métricas de SEO

  • Tráfego de busca orgânica: O número de visitantes que chegam ao seu site a partir de pesquisas realizadas em motores de busca;
  • Tráfego de busca marca x sem marca: Tráfego de busca orgânica que pode se referir a palavras-chave genéricas (sem marca) ou palavras-chave relacionadas com a marca;
  • Links externos: O número de links que apontam para seu site a partir de outros sites da internet;
  • Taxas de conversão de busca orgânica: Os visitantes que chegaram no site pela busca orgânica e tornaram-se leads.

Métricas de blog

  • Visitas únicas ao post: Quantas visitas cada post recebeu;
  • Tráfego do blog e fontes de entrada: Quanto de tráfego você está gerando para o seu blog e de onde ele vem;
  • Performance Call-to-Action: Quão eficaz cada Call-to-Action (CTA) é para converter visitantes em leads;
  • Leads do blog: Leads gerados que podem ser atribuídos ao seu blog;
  • Taxa de conversão: A taxa com que seu blog está convertendo visitantes em leads.

Métricas de redes sociais

  • Engajamento nas redes sociais: O número de interações geradas nos canais das redes sociais;
  • Tráfego das redes sociais: A porcentagem de visitantes únicos no seu site que vêm das redes sociais;
  • Taxa de conversão Lead/Cliente: A porcentagem de visitantes das redes sociais que são convertidos em leads ou clientes;
  • Comunidade/alcance total nas redes sociais: O número de fãs/seguidores em todas as redes sociais;
  • ROI pelas mídias sociais: (Lucro bruto – Investimento nas redes sociais) / Investimento nas redes sociais) x 100.

É importante usar um software com tecnologia “first-touch” que vai mensurar desde a primeira visita que trouxe o visitante ao site e não apenas a última visita antes da compra ser feita.

Métricas de E-mail Marketing

  • Taxa de retorno (bounce rate): A porcentagem do total de e-mails enviados que não pôde ser entregue ao destinatário;
  • Taxa de entrega: A porcentagem de e-mails que foi entregue ao destinatário;
  • Taxa de crescimento da lista: Medida que mostra a velocidade de crescimento da sua lista de e-mails;
  •  Taxa de cliques: À porcentagem do público que clicou em um ou mais links contidos em uma mensagem de e-mail;
  • Taxa de conversão em leads: À porcentagem de destinatários que clicou em um link do e-mail e completou a ação desejada:
  • Receita por e-mail enviado: Medida do retorno de investimento do e-mail.

Métricas de nutrição de Lead

  • Taxa de cliques: A proporção do público que clicou em um ou mais links e e-mail para nutrição de lead;
  • Taxa de conversão em lead: a porcentagem de destinatários que clicou em um link do e-mail e concluiu a ação desejada;
  • Tempo para tornar-se cliente: O tempo que leva para o lead se tornar um cliente;
  • Custo por cliente: O custo de marketing para conseguir um novo cliente.
Compartilhe isso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + vinte =