Entendendo o Índice de Qualidade do Google

Entendendo o Leilão do Google
Entendendo o Leilão do Google
25 de outubro de 2017
Como Pagar Menos e mesmo assim ficar bem posicionado no Google
Como Pagar Menos e mesmo assim ficar bem posicionado no Google
14 de novembro de 2017
Entendendo o Índice de Qualidade

Entenda de uma vez por todas o que é e como é medido o tal do IQ ou Índice de Qualidade do Google AdWords.

Acontece que muitas pessoas não entendem bem o que define o Índice de Qualidade nem como podem fazê-lo melhorar, e para isso criamos esse artigo, para que de uma vez por todas você consiga entender o que é esse tal de IQ ou Índice de Qualidade do Google AdWords.

O que é o Índice de Qualidade?

Antes de tudo, é importante saber o que é o Índice de Qualidade do Google AdWords.

O Índice de Qualidade é uma estimativa da qualidade dos seus anúncios, palavras-chave e página de destino.

O Google sabe que quando se pensa em leilão, naturalmente pensamos que a posição está atrelada ao quanto se paga. E para evitar que haja desvantagens ele criou o Índice de Qualidade.

Em outras palavras, imagine que a empresa A seja uma multinacional enorme com faturamento milionário, e a empresa B é uma empresa pequena, regional, com faturamento de dez mil. Se o conceito de leilão em que quem paga mais fica na frente, a empresa B nunca teria chances de aparecer bem posicionada no Google, certo?

Então o Índice de Qualidade é um dos critérios do leilão que determina que posição cada anunciante ficará. Para entender melhor o Leilão do Google AdWords, veja este artigo.

O que compõe o Índice de Qualidade?

Bom, já entendemos o que é o Índice de Qualidade, mas o que determina se a qualidade é boa ou não?

O Índice de Qualidade é composto por três critérios:

  • Relevância do Anúncio
  • Experiência da Página de Destino
  • Taxa de Cliques Esperada

Para deixar claro vamos detalhar cada item.

Relevância do Anúncio:

Imagine o robozinho do Google, uma pessoa pesquisa a palavra-chave ‘mesa de jantar’, daí aparece um anúncio escrito ‘mesa de sinuca’. Embora também seja mesa, o objeto pesquisado não corresponde à resposta do anúncio. Além da frustração de quem pesquisou, que provavelmente pesquisará de novo, a qualidade desse anúncio não está boa, porque a palavra-chave e a descrição do anúncio não se trata do mesmo produto.

Isso é a Relevância do Anúncio. Por mais óbvio que pareça ser, existem muitos anunciantes que não se atentam a isso.

Em outras palavras, a Relevância do Anúncio, nada mais é do que ter a palavra-chave no anúncio, seja no título ou na descrição, mas é importantíssimo que no anúncio esteja escrita a palavra-chave.

Se minha palavra-chave for ‘mesa de jantar’, obrigatoriamente meu anúncio deverá falar sobre ‘mesa de jantar’.

Experiência da Página de Destino

Agora, vamos supor que essa mesma pessoa pesquisou de novo e achou o anúncio sobre mesas de jantar, daí ela clicou em cima do anúncio e ao invés de ver mesas, ela foi para uma página com vários móveis, mesas, sofás, cadeiras. Essa pessoa terá que procurar no site as mesas que ela queria ver, logo, ao invés de facilitar e levá-la à página de mesas de jantar, o anunciante promoveu uma experiência da página de destino ruim, porque ela ainda terá que procurar o que quer ver.

Então a Experiência na Página de Destino é basicamente onde seu anúncio levará, à que página essa pessoa será direcionada ao clicar.

Mas não é só isso. Imagine que essa pessoa clicou e a página demorou para carregar, ou ela estava pesquisando pelo celular e quando a página carregou o site não é responsivo, e pior, se seu site ficar fora do ar. Todos esses fatores impactam na Experiência da Página de Destino, se você quiser saber mais a fundo sobre esse item, não deixe de ver esse artigo: Experiência do usuário no meu site.

Taxa de Cliques Esperada

Esse item tem a ver com a CTR da palavra-chave.

Só para reforçar, a CTR é o número de cliques dividido pelo número de impressões (visualizações) que seu anúncio teve. Se quiser saber mais, leia esse artigo Entendendo a CTR.

Vamos supor que aquela pessoa que pesquisou ‘mesa de jantar’ tenha visto seu anúncio mas não clicou nele. E como ela diversas outras pessoas pesquisaram essa mesma palavra-chave, viram seu anúncio mas não clicaram.

Para o Google das duas uma, ou essa palavra-chave não é relevante para você ou seu anúncio não está atrativo. Como assim? Lembra do primeiro exemplo? Vamos supor que no seu anúncio ao invés de ‘mesa de jantar’ esteja escrito ‘mesa de sinuca’. É óbvio que essas pessoas que queriam ver mesas de jantar não clicaram no seu anúncio. Logo a CTR dele será muito baixa. Então a qualidade será prejudicada.

Ou vamos supor que você seja a empresa Móveis Modernos e seu maior concorrente seja Modernos Móveis, daí você que é esperto, compra a palavra-chave “modernos móveis” para que ao buscar pelo seu concorrente o usuário te ache e não ache a ele. Mas o robozinho do Google vai escanear seu site e vai ver que essa palavra-chave não está no seu site, logo ao procurarem pelo seu concorrente e acharem você, os usuário provavelmente irão clicar com menor frequência porque esperavam achar a outra empresa, e assim, novamente, sua CTR será prejudicada e consequentemente seu Índice de Qualidade.

Espero que tenha ajudado a entender melhor esse critério tão poderoso do Google Adwords. Nesse artigo você também pode ver sobre Como Pagar Menos e mesmo assim ficar bem posicionado no Google.

Por Dirlene Dias

Compartilhe isso

Deixe uma resposta